quinta-feira, 17 de maio de 2018

Agente Penitenciário e Polícial Militar sofrem tentativa de homicídio



PM e agente de folga trocam tiros com ocupantes de picape e homem é baleado

Agentes de segurança relataram em depoimento que ocupantes de veículo atiraram contra eles. Homem bateu carro após ser atingido e foi levado para o HE. Caso ocorreu em Macapá.
Por G1 AP, Macapá
17/05/2018 12h59  Atualizado há 7 horas
Caso aconteceu na Rua Rio Grande do Norte, no bairro Pacoval (Foto: John Pacheco/G1)
Na madrugada desta quinta-feira (17) uma troca de tiros envolvendo um agente penitenciário e um policial militar de folga deixou um homem ferido no bairro Pacoval, na Zona Norte de Macapá.
De acordo com a ocorrência do caso, os dois estavam no Centro quando teriam percebido um disparo próximo a eles vindo de uma picape com placa da Guiana Francesa. Na perseguição houve o tiroteio.
O homem atingido perdeu o controle da direção após o disparo e atingiu um contêiner e outro carro na Rua Rio Grande do Norte. Videos registrados e postados nas redes sociais mostram ele bastante ensanguentado no veículo. A polícia informou que outra pessoa que estaria nessa picape, e que teria atirado contra o agente e o PM, fugiu após o acidente e não foi encontrado.
"Quando desceram do veículo encontraram o motorista baleado e uma quarta pessoa, que possivelmente tenha efetuado os disparos, evadiu-se do local. Eles se apresentaram para uma equipe da Polícia Civil", detalhou o tenente Selso Cunha, do Batalhão Força Tática, da Polícia Militar.
Não foi informada a identidade do baleado e nem qual o envolvimento dele no caso. O homem foi encaminhado para o Hospital de Emergências (HE) e o quadro de saúde não foi informado.
O local do entorno do fim da perseguição é cercado de estabelecimentos comerciais, residências e um posto de combustível. Câmeras de segurança instaladas registraram o ocorrido, mas nenhum dos proprietários procurados pelo G1 forneceu as imagens.
Após o acidente, o policial e o agente foram para o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) para prestar esclarecimentos, mas não foram detidos

Nenhum comentário: