quinta-feira, 13 de julho de 2017

Depen planeja ações voltadas ao atendimento das demandas biopsicossociais dos servidores do sistema prisional

A visita da pesquisadora mineira vem reforçar a necessidade de ampliar os trabalhos em projetos voltados à promoção da saúde e da qualidade de vida dos servidores do sistema penitenciário

Brasília, 12/7/2017 – Nessa segunda-feira (10) a equipe do Núcleo de Saúde e Qualidade de Vida da Coordenação de Gestão de Pessoas (NSQV/COGEP) do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN) recebeu a pesquisadora, assistente social e analista de defesa social, Débora Calais Oliveira Correia, da Divisão de Atenção à Saúde do Servidor da Secretaria de Estado de Administração Prisional de Minas Gerais (SEAP/MG). A servidora foi convidada para apresentar experiência na implantação da Divisão de Atenção à Saúde do Servidor da SEAP/MG e, ainda, para apresentar pesquisa na área de saúde e qualidade de vida de servidores do sistema prisional de Minas Gerais. 
A iniciativa do estudo surgiu com a observação do significativo índice de adoecimento dos servidores do sistema prisional de Minas Gerais e a necessidade de criação de uma Política específica voltada para a promoção da saúde dos servidores que atuam nessa pauta. A pesquisa visou mensurar os efeitos do aprisionamento na saúde dos servidores a longo prazo, por meio da análise do perfil de adoecimento nesse grupo de trabalhadores, os quais podem estar associados ao ambiente penitenciário e riscos inerentes à atividade.
A visita da pesquisadora vem reforçar a necessidade de ampliar os trabalhos em projetos voltados à promoção de saúde e qualidade de vida dos servidores do sistema penitenciário, corroborando com o atual planejamento que está sendo desenvolvido pelo NSQV/COGEP para ações desse cunho, especialmente, voltadas a atender as demandas biopsicossociais dos servidores.
Serviço de Comunicação Social do Depen

Nenhum comentário: