segunda-feira, 1 de maio de 2017

Princípio de motim é registrado no Ceresp em Juiz de Fora

Segundo a PM, detentos atearam fogo em colchões após morte de um presidiário. Ninguém ficou ferido durante a ocorrência.
Por G1 Zona da Mata

A Polícia Militar (PM) e o Corpo de Bombeiros de Juiz de Fora registraram na noite deste sábado (29) um princípio de motim no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) da cidade.
O G1 entrou em contato, por e-mail e telefone, com a assessoria da Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) para confirmar a ocorrência e aguarda retorno.
De acordo com a PM, um grupo de detentos colocou fogo em colchões entre as celas da unidade. Eles protestaram contra a morte de um presidiário do local nesta sexta-feira (28). Os agentes fizeram os procedimentos de busca na unidade, mas o material encontrado ainda não foi divulgado.
Ainda segundo a PM, as viaturas se deslocaram até o Bairro Linhares, onde fica o complexo, para apoiar as ações na parte externa do presídio, mas não houve necessidade de intervenção. Ninguém se feriu durante a ocorrência.
Os bombeiros registraram o início de incêndio no local e também mandaram equipes com viaturas para controlar o fogo.
A redação da TV Integração recebeu aproximadamente 15 ligações de pessoas que se identificaram como familiares de detentos entre 22h30 e 23h45. Eles manifestaram preocupação com a integridade física dos presos.

Nenhum comentário: