segunda-feira, 17 de abril de 2017

Justiça local irá investir em câmeras de segurança para o presídio de Itabira

APOIO DO TJMG

http://www.defatoonline.com.br/noticias/ultimas/17-04-2017/justica-local-ira-investir-em-cameras-de-seguranca-para-o-presidio-de-itabira

TATIANA SANTOS/DEFATO
O presídio de Itabira receberá R$35 mil para a aquisição de equipamentos eletrônicos de segurança
A Comarca de Itabira foi contemplada, no último mês de março, com R$ 35 mil de verbas pecuniárias do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O dinheiro será investido em câmeras de segurança para o presídio da cidade.
Segundo a juíza Cibele Mourão Barroso, da Vara de Execuções Penais, o objetivo é evitar motins, rebeliões, agressões entre presos, violência e abusos de agentes penitenciários e entrada de drogas e outros ilícitos. Os equipamentos auxiliarão, também, na apuração de faltas cometidas e na identificação de seus autores.
Ao todo, cinco comarcas mineiras foram contempladas com o recebimento de verbas advindas das penas pecuniárias em março. No somatório, R$ 150 mil serão revertidos para projetos que beneficiam o sistema prisional em Igarapé, Itabira, Poços de Caldas, Governador Valadares e Rio Piracicaba.
De acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), diferentemente do encarceramento, a pena pecuniária é aplicada a pequenos crimes, com pena máxima de quatro anos, na qual os réus são condenados a doar determinada quantia em dinheiro para instituições sociais.
Desde 2009, no lugar de pulverizar pequenas quantias em diversas entidades, os valores das penas pecuniárias são destinados a uma conta judicial.
O TJMG informou que a verba de penas pecuniárias tem sido aplicada na própria comarca de origem. São investimentos em diversos projetos sociais de várias áreas, como educação, saúde, segurança, entre outros. 
Com informações TJMG

Nenhum comentário: