sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Absurdo - Será que os agentes ameaçados não tem direito de se defender? -Agente é detido por porte ilegal de arma em Betim/MG


BOLETIM DE OCORRÊNCIA BO NÚMERO CIAD/P-2017-10710419 Fl. 

SISTEMA INTEGRADO DE DEFESA SOCIAL 

HISTÓRICO DA OCORRÊNCIA 

DURANTE OPERAÇÃO BLITZ OCORRIDA NESTA DATA NA RUA DO ROSARIO, 1371, BAIRRO ANGOLA, FOI REALIZADO ABORDAGEM À MOTOCICLETA PLACA PUG XXXX, CONDUZIDA PELO SR. J. M. S. F. DA ABORDAGEM J. M. IDENTIFICOU COMO AGENTE PENITENCIÁRIO, RELATANDO QUE ESTAVA COM UMA ARMA NA CINTURA, DE FORMA SEGURA, PERMITIU QUE O MILITAR RETIRASSE ESTA ARMA. O MILITAR, SD MATEUS, RETIROU ARMA DA CINTURA DO ABORDADO, VERIFICANDO QUE ESTA SE ENCONTRAVA DESMUNICIADA E DESCARREGADA, SEM NENHUMA MUNIÇÃO OU CARREGADOR EM SEU INTERIOR, NÃO SENDO POSSÍVEL DESTA FORMA O USO IMEDIATO DESTA ARMA. PERGUNTADO ONDE SE ENCONTRAVA AS MUNIÇÕES, 
ESTE RELATOU QUE O CARREGADOR COM AS MUNIÇÕES SE ENCONTRAVA NO BOLSO LATERAL ESQUERDO DA BERMUDA QUE ESTE ESTAVA TRAJANDO, QUE FOI, DE MANEIRA SEGURA E TRANQUILA, LOCALIZADO E RETIRADO . 
VERIFICADO ATRAVÉS DOS DOCUMENTOS APRESENTADOS POR J. M., CONFIRMADO PELO SISTEMA, QUE ESSE É AGENTE DE SEGURANÇA PENITENCIÁRIO DE MASP xxxxxxxxx. E A ARMA, CADASTRADA EM CAMPO PRÓPRIO ESTAVA REGISTRADO EM NO NOME DO ABORDADO TENDO VALIDADE ATÉ O DIA 05/05/2019. 
CONTUDO ANUNCIADO PELO ABORDADO QUE ESTE É CONTRATADO, E NÃO POSSUI O PORTE DE ARMA DE FOGO, CONFIRMADO PELO SETOR DE RH DOS AGENTES PENITENCIÁRIOS. 
O SR. J. M. RELATOU QUE FOI VÍTIMA DE ROUBO NO INTERIOR DE SUA RESIDÊNCIA, ONDE SUA ESPOSA FOI ALVEJADA COM QUATRO TIROS, NO INTERIOR DE SUA RESIDÊNCIA, O FATO OCORREU NO ANO DE 2011, CONFORME REDS 2011- 001696173-001. NESTA ÉPOCA O ENVOLVIDO DESTA OCORRÊNCIA JÁ ERA AGENTE PENITENCIÁRIO. RELATA TAMBÉM QUE EM SUA FUNÇÃO JÁ FOI AMEAÇADO DE MORTE INCONTÁVEL VEZES. 
A MOTOCICLETA FOI LIBERADA PELO PRÓPRIO ENVOLVIDO, J. M, UMA VEZ QUE NÃO HAVIA NENHUMA ALTERAÇÃO, PARA S. A. R. RG xxxxxx, HABILITADO NA CATEGORIA AB. 
DIANTE DO EXPOSTO APRESENTO O SR. J. M, JUNTAMENTE COM SEU CERTIFICADO DE REGISTRO FEDERAL DE ARMA DE FOGO, BEM COMO A ARMA DE FOGO, TODOS CADASTRADOS EM CAMPO PRÓPRIO, PARA PROVIDENCIAS QUE JULGARES CABÍVEIS. 

Senhores deputados e senadores os agentes estão sendo mortos e ameaçados constantemente por defender a sociedade, executando sua missão de custodiar criminosos.
Sou totalmente à favor e não entendo como um agente de segurança penitenciário contratado não possa adquirir porte de arma de fogo. Eles sofrem atentado como os servidores efetivos.
Nossa profissão expõe o Agente ao RISCO DE VIDA. Não é fácil trabalhar com medo de ser emboscado no caminho do trabalho, como já aconteceu com vários companheiros, e muitos  perderam a vida. 
 Todos agentes merecem ter o direito de  se defender e a sua família.


CHAS1000

Nenhum comentário: